segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Acidente com Van e Astra deixa nove feridos



Um grave acidente ocorrido na tarde de segunda-feira, dia 14 de dezembro, deixou nove pessoas feridas nas proximidades do balão de entrada de Barão Geraldo e mobilizou o Resgate do Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e várias viaturas do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência).

Uma Van modelo Sprinter de transporte fretado, placas DAH 5350 trafegava pela rua Jean Nassif Morkarzel em direção à avenida 1 (rua Dr. Romeu Tórtima) e ao chegar na rua Tranquilo Prosperi, esquina com a Osvaldo Dalben, foi abalroada por um Astra Preto, placas DNY 0977, dirigido por Elisabete Roberto, que vinha na Osvaldo Dalben em direção à rua Albino José de Oliveira.

O Astra bateu forte na traseira esquerda da Van, e o motorista, Dimas Barbosa, tentou controlar a Van mas as rodas derraparam e o veículo capotou duas vezes.

Dos doze passageiros da Van, funcionários da Unicamp, nove foram socorridos com ferimentos leves. A frente do Astra ficou bastante danificada e a Van totalmente amassada.

Os dois condutores afirmam que o outro estava correndo.

sábado, 28 de novembro de 2009

Excaravelhas comemora dez anos com espetáculos



Grupo independente de dança contemporânea apresenta principais trabalhos e faz festa no dia 12 de dezembro

O Grupo das Excaravelhas, grupo independente de dança contemporânea formado pelas bailarinas Elenita Queiróz, Juliana Couto, Ló Guimarães, Milena Machado Figueiredo e Paula Salles - está comemorando 10 anos de atividades. Ao longo destes 10 anos de trabalho ininterrupto, o Grupo das Excaravelhas ganhou prêmios importantes na área de dança como: 8º Cultura Inglesa Festival, Vai – Valorização de Iniciativas Culturais de São Paulo, Festival de Dança de Londrina, Ocupação dos Espaços da Caixa (Roda Girando Diálogos de Dança – Núcleo de Dança Contemporânea de Campinas), FICC – Fundo de Investimentos Culturais de Campinas, Curta Dança de Sorocaba entre outros.
No repertório do Grupo estão os espetáculos: ‘Pegadas de um Besouro’ (formado pelas coreografias Sambalelê, Repelente e Tantas Emoções) ; ‘O Caminho se Faz ao Caminhar’, o infantil ‘E Aí, Beleza!?’; e o mais recente Procura-se Elenita Queiróz II’ (contemplado pelo FICC 2008) um espetáculo divertido para todas as idades que será apresentado neste sábado e domingo, dias 28 e 29 de novembro, no Espaço Cultural Semente, em Barão Geraldo.

Programação
28 e 29 de Novembro – PROCURA-SE ELENITA QUEIROZ II
Local: Espaço Cultural Semente – Tel: (19) 3289 8011
Av. Santa Isabel, 2070, Barão Geraldo
Horário: 20 h    Ingresso: R$ 15,00 e R$ 7,50

05 de Dezembro -Espetáculo infantil  ‘E Aí, Beleza?!’ será apresentado na Praça do Coco,inaugurando o novo palco do local às 12h30, com Entrada Franca.

05 de Dezembro – ‘Repelente’ (No evento O que é que a dança é?).
Local: Local: Espaço Tugudum Tel: (19) 2121 4655
R. Francisco Manoel da Silva, 690, Vila Sta. Genebra
Horário: 20h00 - Entrada Franca

12 de Dezembro - FESTA EXCARAVELHAS
Local: Pátio Dona Clotilde. Tel: (19) 3326 9347
Av. Sta. Isabel, 71,  Barão Geraldo
Horário: à partir das 21h00 - Entrada Franca.

Informações:  (19) 9121  9338
contato@excaravelhas.com.br
www.excaravelhas.com.br

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

HC da Unicamp faz reforma no Pronto Socorro

O Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) iniciou na semana passada uma reforma geral nas dependências de seu Pronto-socorro, a chamada Unidade de Emergência Referenciada (UER). Apesar de obrigar a uma redução no número de atendimentos, a obra não vai interromper o funcionamento da unidade, que recebe entre 350 a 400 pacientes por dia, especialmente traumas graves e cirurgias de alta complexidade.

A administração pede aos pacientes com quadros mais simples, que podem ser resolvidos na unidade básica de saúde, que não procurem o PS do HC neste momento. A sala de espera está funcionando num lugar pequeno e as pessoas têm que ficar do lado de fora, expostos ao sol ou chuva, com barulho, numa situação desconfortável.

Ambulatórios comemoram 30 anos

Os ambulatórios do Hospital de Clinicas (HC) da Unicamp, agrupados hoje na Divisão de Ambulatórios e Procedimentos Especializados (Dampe), estão completando 30 anos de funcionamento com dados que impressionam. Diariamente são atendidos em média 2,5 mil pacientes e realizadas mensalmente cerca de 40 mil consultas e procedimentos. As estimativas indicam 20 milhões de atendimentos em três décadas, que comparados aos 200 pacientes recebidos no primeiro ano configuram um crescimento significativo.

Foi com a instalação do Ambulatório Geral de Adultos que o HC da Unicamp começou suas atividades, em fevereiro de 1979. Hoje são 37 especialidades, que atendem em 148 consultórios cerca de 500 ambulatórios com atendimento médico e multiprofissional, envolvendo enfermeiras, nutricionistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, odontologistas, entre outros. Nos ambulatórios atuam aproximadamente mil pessoas entre docentes, médicos assistentes, médicos residentes, alunos de medicina e de enfermagem, profissionais de enfermagem e da área de saúde não-médica, profissionais administrativos e de apoio.

quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Tapetão da morte faz mais vítimas




Desta vez foram três bandidos em fuga da polícia com carro roubado que colidiram na traseira de um caminhão

Um congestionamento surpreendeu os motoristas que se dirigiam a Barão Geraldo na manhã desta quinta-feira, 19 de novembro. A Polícia Militar estava guinchando um veículo Peugeot completamente destruído depois de colidir na traseira de um caminhão.

Segundo versões da polícia eram três bandidos que estavam fugindo da policia depois de roubarem o veículo, que tinha placa de Limeira, no Jardim Eulina. Depois de serem localizados na rodovia Dom Pedro e perseguidos por alguns bairros em alta velocidade, o motorista do Peugeot perdeu o controle do carro e colidiu na traseira de um caminhão na altura do Coxilha Grill, na estrada de acesso do Taquaral a Barão Geraldo, rodovia General Milton Tavares de Sousa (SP-332) conhecida como "Tapetão".

O  Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) socorreram os feridos. Um dos bandidos morreu ao chegar no hospital e os outros dois foram internados em estado grave. Apenas um dos feridos, Um dos ocupantes, Eduardo de Souza Chaves, de 28 anos, que estava com uma arma, foi identificado.

É o segundo acidente grave com vítima fatal este mês na rodovia, o que alerta para a necessidade de medidas de segurança mais eficazes  no local. No início do mês três jovens com idades com idades entre 17 e 20 anos morreram depois que o veículo Corsa que ocupavam capotou. Outros dois ocupantes e um motociclista que foi atingido pelo carro ficaram feridos.

Segundo testemunhas, o veículo estava em alta velocidade e capotou. A polícia suspeita que eles estavam "tirando racha", atividade frequente no local por causa das boas condições da pista.

Buraco na ponte do Guará transtorna moradores


Uma erosão na ponte do Guará, na Rua Bartolo Martins, única via de acesso de diversos bairros da região, causou a interdição do tráfefo e causou transtornos para os moradores.

A previsão era de liberação no final da tarde, mas sua recuperação ainda deve demorar semanas até que a obra de compactação do leito seja consolidada. A ponte tem já foi interditada várias vezes  e ainda não foi realizada uma obra definitiva para o local.

A justificativa da prefeitura foi as chuvas frequentes, mas o que se percebe é que a estrutura frágil e não suporta mais o grande volme de tráfego. A ponte fica sobre o ribeirão Anhumas, que também não está em nível muito elevado.

Mas os moradores da região já podem passar durante os próximos dias pelo local devido à providência imediata da prefeitura. Foi aberto um buraco bem maior e colocada terra para compactação.Os usuários de linhas de ônibus foram os mais prejudicados, porque foram obrigados a fazer baldeações e enfrentar uma parte da travessia a pé.

Justiça manda parar empreendimentos na região de Barão

Decisão Judicial exige plano de manejo no raio de 10 km da mata Santa Genebra e impõe multa de R$ 10 mil para cada caso de desobediência

O juiz Guilherme Andrade Lucci, da 2ª Vara Federal, concedeu pedido de liminar em ação civil pública impetrada pelo Ministério Público Federal em Campinas dia 26 de novembro, para que a Fundação José Pedro de Oliveira, a prefeitura de Campinas, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) suspendam qualquer procedimento de licenciamento ambiental de empreendimentos em um raio de 10 km da Mata de Santa Genebra até a apresentação de um plano de manejo pela fundação que é responsável pela área.

A medida praticamente paralisa todo empreendimento comercial, industrial ou imobiliário que dependa de licenciamento ambiental ou renovação de alvará.  A prefeitura de Campinas vai recorrer. A determinação abrange uma ampla área que envolve os distritos de Barão Geraldo e Nova Aparecida, o Taquaral e também terras em Paulínia, Jaguariúna, Sumaré, Hortolândia e Nova Odessa

O plano de manejo, elaborado pela Fundação José Pedro de Oliveira, que administra a Mata de Santa Genebra, foi encaminhado em março ao Instituto Chico Mendes e ainda não foi definido. A Mata de Santa Genebra é a maior área verde existente na cidade de Campinas. Na ação, é pedido também que o plano de manejo para a Mata deve conter zoneamento, eventuais corredores ecológicos, regras de manejo e visitação, procedimentos de segurança e de atendimentos mais corriqueiros, conforme prevê a legislação.

O procurador da República em Campinas Paulo Roberto Galvão, autor da ação, considera que o plano de manejo é importante para conservar e para impor limites na utilização da área, prevenindo futuros danos ao meio ambiente. A Fundação deve suspender qualquer obra de construção civil dentro da Mata, com exceção daquelas que são necessárias para a conservação da área, como reparos em cerca e alambrados ou em instalações já feitas no local.

Se for verificado que houve construção civil, autorizada pela Fundação, ou se foi concedida irregularmente licença para construção expedidos pela Prefeitura e pelos Governos Estadual e Federal, será cobrada multa de R$ 10 mil à empresa e aos órgãos.

Plano de Manejo é essencial - O procurador Paulo Roberto Galvão apurou que a Fundação José Pedro de Oliveira não elaborou o plano de Manejamento da área. A lei 9.985 do ano 2000 previu que as Unidades de Conservação (UC) federais, em que se encaixa a Mata de Santa Genebra, deveriam fazer um plano em um prazo de cinco anos. “Fato é que se passaram oito anos e a única providência tomada pela Fundação foi realizar um plano de manejo no entorno da área e o próprio Ibama reconhece a inexistência do documento”, disse o procurador.

De acordo com procurador, com a demora na elaboração do plano, aumentaram as pressões imobiliárias ao redor da Mata e discussões com moradores da região de Barão Geraldo, distrito de Campinas, para o tombamento de áreas próximas ao local.

O plano de manejo, segundo a Lei do Sistema Nacional de Unidades de Conservações, é o documento técnico que estabelece o zoneamento e as normas que devem ser elaboradas para o uso da área e a utilização dos recursos naturais. Na prática, o plano de manejo preserva ecossistemas, por meio dos zoneamentos e da previsão da estrutura, evitando construções que podem afetar o meio ambiente.

“Necessária se faz a formalização do plano de manejo para, a partir das ações nele previstas, serem estabelecidas as atividades que afetarão a Mata da Santa Genebra, impondo estudos de impacto ambiental e/ou relatórios de impacto previsto legalmente”, ressaltou o procurador.

Saúde recolhe 500 pneus em ação contra a dengue


A Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Saúde, recolheu mais de 500 pneus inservíveis nesta quarta-feira, 18 de novembro, em 21 endereços em Barão Geraldo e nos bairros São Marcos, Santa Mônica e Vila San Martin, na região Norte da cidade. A operação, coordenada pela Vigilância em Saúde (Visa) Norte, integra a estratégia de reforço nas ações de prevenção e controle da dengue no município.


Os supervisores de controle ambiental da Visa Norte mapearam borracharias e outros locais que acumulam pneus velhos em grande quantidade e, com caminhões, passaram nos endereços para recolher o material. Segundo o supervisor de controle ambiental da Visa Norte, Roberto Ribeiro de Souza, foram removidas cerca de 6,5 toneladas durante a “Operação Cata Pneu”. O trabalho é repetido, em média, a cada três semanas nos mesmos locais percorridos hoje.

Segundo Roberto, o pneu ainda está entre os principais criadouros do Aedes aegypti por vários motivos. Ele informa que o pneu ainda é muito encontrado no ambiente porque a produção é grande; porque quando não tem mais utilidade é desovado em terrenos baldios e beiras de córregos; e porque as próprias borracharias não sabem o que fazer com o pneu sem uso.

De acordo com a Vigilância em Saúde (Visa) de Campinas, a indústria está obrigada por lei a dar destinação ambientalmente adequada aos pneus inservíveis. No entanto, a regra não inclui coleta em terceiros, cabendo a cada comércio dar a destinação adequada aos seus pneus sem uso.

A Visa informa ainda que pneus não podem ser dispostos no aterro sanitário, nem entregues à coleta de lixo domiciliar.


Além de recolher e destinar adequadamente os pneus, a Visa Norte aproveitou a operação para promover ações de educação em saúde, comunicação e mobilização social, durante as quais propagou informações sobre dengue e deu outras orientações.


Caixas d'água


Além da Operação Cata Pneu, entre ontem (17) e hoje, também na região Norte de Campinas, em pelo menos 58 residências foram colocadas telas de proteção em caixas d'água, para impedir o acesso do mosquito da dengue. No Jardim São Marcos, segundo Roberto, foram encontradas larvas em 22 lugares e as amostras encaminhadas ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria da Saúde de Campinas para seja investigado se trata-se do Aedes aegypti.


Os técnicos da Visa também realizaram ações de educação em saúde, comunicação e mobilização social sobre dengue, sintomas da doença, tipos de criadouros do mosquito, como inviabilizá-los e, principalmente, como manter caixas d’água em condições adequadas para evitar a proliferação do Aedes aegypti.


Segundo o biólogo Ovando Provatti, da Visa Norte, a caixa d'água mal cuidada se constitui num criadouro de elevada produtividade e positividade para o mosquito da dengue. “Na caixa d’água mal cuidada o mosquito encontra o ambiente adequado para se reproduzir durante o ano inteiro. Portanto, é um criadouro que não depende da chuva. Além disso, pelo tamanho e pela condição – sombreada e com temperatura adequada -, o mosquito utiliza muito este criadouro. Na maioria dos casos, a caixa d'água está num local de difícil acesso e as pessoas acabam não fazendo a inspeção e a limpeza”, diz Ovando.


O biólogo informa que a Sanasa indica a limpeza e manutenção da caixa d’água pelo menos a cada seis meses. Ele informa que, por se tratar de um recipiente muito grande, qualquer trinca possibilita o acesso do mosquito e diz que as pessoas se esquecem de olhar o respiro da caixa d’água, que também tem que estar fechado para impossibilitar a entrada do Aedes aegypti.

Campinas registrou, em 2009, 189 casos autóctones de dengue. Em 2008, foram 259. Neste momento, não estão sendo registrados casos da doença no Município.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Muito calor: Defesa Civil declara Estado de Atenção

O Departamento de Defesa Civil de Campinas declarou nesta quarta-feira, dia 18 de novembro, Estado de Atenção devido ao alto Índice dos raios Ultravioleta (IUV), que poderá o nível de 13,6, conforme previsão do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

A declaração do Estado de Atenção está em conformidade com o Decreto n° 16.677, de 16 de junho de 2009, que dispõe sobre a Operação Estiagem do Sistema Municipal de Defesa Civil.

Cuidados a serem tomados:

Estado de Observação - nível 1 e 2 (Baixo): você pode permanecer no sol o tempo que quiser. Mas use o protetor solar.

Estado de Atenção - nível 3,4,5,6 e 7 (Moderado/Alto): em horários próximos ao meio-dia procure locais sombreados. Procure usar camisa e boné. Use protetor Solar.

Estado de Alerta - nível 8,9,10,11,12,13 e 14 (Muito alto/Extremo): evite o sol ao meio-dia.
Permaneça na sombra. Use camiseta e boné. Use protetor solar.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Vigilância faz arrastão contra dengue nesta quarta em Barão


Campinas reforça ações contra a dengue em todas as regiões de Campinas


A Secretaria de Saúde de Campinas reforçou as estratégias de combate à dengue e tem mantido ações diariamente em todas as regiões da cidade para prevenir a ocorrência de surtos no período de calor e chuvas.


Nesta quarta-feira, dia 18 de novembro de 2009, a partir das 8h, equipes da Vigilância em Saúde Norte promovem arrastão em bairros na abrangência dos Centros de Saúde Barão Geraldo, Santa Bárbara e Cássio Raposo do Amaral, na região Norte de Campinas.


Os técnicos, que terão reforço dos agentes comunitários dos centros de saúde envolvidos, vão atuar de casa em casa. Três caminhões e ajudantes vão percorrer borracharias para recolher pneus.


Segundo o Levantamento Rápido de Índices de Infestação por Aedes aegypti (LIRAa), realizado no final de outubro no município, estas áreas estão entre as que apresentam maior infestação do mosquito transmissor da doença. Portanto, neste momento são as de maior risco. 


Além disso, localidades nestes bairros estão na divisa com Hortolândia e Sumaré, cidades da Grande Campinas que possuem histórico de elevada notificação de dengue.
Nestas localidades, segundo o LIRAa, os pratinhos de vasos e as plantas que acumulam água, como bromélias, são os criadouros mais importantes.


Noroeste
Nesta terça-feira, dia 17 de novembro, foi promovido arrastão numa ocupação no bairro Novo Campos Elíseos, região Noroeste. Mais de 10 técnicos atuaram para remover criadouros como pneus, louças, latas, plásticos, entre outros que podem acumular água.


Segundo a supervisora de controle ambiental da Vigilância em Saúde Noroeste, Denize Rodrigues de Souza, também foram teladas caixas d’água e recolhidas larvas do mosquito Aedes aegypti.


“Simultaneamente ao arrastão foram realizadas ações de casa em casa, com aplicação de larvicidas, quando necessário, e atividades de comunicação e informação sobre a doença”, disse Denize.


Leste
Na última segunda-feira, dia 16, entre cinco e seis toneladas de materiais inservíveis foram recolhidas pela equipe do Distrito de Saúde Leste, durante arrastão na ocupação do Jardim Líria. Segundo a equipe que atuou no local, foram encontradas larvas do mosquito em um endereço da ocupação. Nesta região, os principais criadouros são os resíduos inservíveis como pneus, latas, potes e outros.


“É importante que a população tenha sempre o olhar crítico para dentro dos seus domicílios, onde estão mais de 80% dos criadouros. Ficar atento para não deixar acumular água parada é uma das armas eficazes no combate ao mosquito transmissor da doença”, afirma a médica veterinária Andréa Von Zuben, coordenadora do Programa de Dengue em Campinas.

Segundo Andréa, por mais que haja esforço das autoridades, a luta contra a dengue só será realmente eficaz com a participação de toda comunidade.


Campinas registrou, em 2009, 189 casos autóctones de dengue. Em 2008, foram 259. Neste momento, não estão sendo registrados casos da doença no município.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Está na hora de matrículas na escola; prefeitura divulga lista nesta 3ª



Veja relação de escolas municipais, estaduais e particulares de Barão Geraldo

Prefeitura de Campinas, por meio da Secretaria de Educação, divulga nesta terça-feira, dia 17 de novembro, as listas para a matrícula de ingressantes no ensino fundamental para o ano letivo de 2010. Para mais informações, os pais ou responsáveis devem buscar as escolas públicas de Campinas (municipais ou estaduais). Os dados também estarão disponíveis no site www.campinas.sp.gov.br/educacao.

Para o próximo ano letivo, 9.334 crianças devem ingressar nos anos iniciais na rede pública de Campinas. A previsão é que 1.998 estudem em escolas municipais, o que representa 21,41% do total e 7.336 nas escolas estaduais (78,59% do total de ingressantes).

As matrículas na rede municipal e estadual serão feitas a partir do dia 1 de dezembro, e para efetivá-la, o pai ou responsável deverá comparecer até a escola e apresentar original e cópia da Certidão de Nascimento do aluno, além de original e cópia do RG, se a criança tiver. O comprovante de endereço e o Número de Identificação Social (NIS), quando houver, também são necessários.

A maioria das escolas particulares também está com matrículas abertas para o próximo ano letivo. Veja relação e telefones para contato na lista abaixo.

Serviço

Escolas Municipais de Ensino Fundamental
Escola Municipal de Ensino Fundamental - EMEF Dulce Bento do Nascimento - Jardim Guará - de 1ª a 8ª  série - Fone: 3287-4868

Escolas Municipais de Educação infantil
CEMEI Cristiano Osório de Oliveira - R. Mal. Hermes da Fonseca, 146 - Fone: 3289-1507
CEMEI Leonor Motta Zuppi - R. José Antônio Marinho, 280 - Fone: 3289-2895
EMEI Agostinho Páttaro - R. Maciel Antunes Novo, 505 - Fone: 3289-1056
EMEI Maria C lia Pereira - R. Carlos Chagas, 301 Cidade Universitária - Fone: 3788-7314

Escolas Estaduais
Barão Geraldo de Rezende - Centro do Distrito, da 5ª  série ao 3º  colegial - Fone : 3289-1192
Prof. Roque M.de Oliveira Barros - Real Parque, de 1ª  a  4ª  série - Fone: 3289-2800
Maria A. Colevati Rodrigues - Jd. Independência, de 1ªa 4ª  série - Fone: 3289-2356
Prof. Hilton Federici - Vila Santa Izabel, de 5ª série ao 3º colegial, supletivo fundamental e médio - Fone: 3289-1259
Francisco  lvares - Vila Hortolândia, de 1ª a 8ª  série - Fone: 3287-4343
José Pedro de Oliveira - Centro do Distrito, de 1ª a 4ª  série - Fone: 3289-1457
Físico Sérgio Pereira Porto - Campus da UNICAMP, de 1ª a  4ª  série - Fone: 3289-6272
Prof. M. Maciel de Castro Kanso - Village, de 1ª a  8ª  série - Fone: 3287-4577

Escolas Particulares
Colégio Rio Branco - Ensino Fundamental e Médio - Fone: 3289-1250
Curso e Colégio Ápice - Ensino Médio, Pré  vestibular, Preparatório e Colégio Técnico - Fone: 3289-5031
Colégio Objetivo - Ensino Fundamental - Fone: 3289-5822
Escola Cera - Centro Educacional Recanto da Alegria - Rua Angelo Vicentim 167 - maternal, infantil e pré - Fone: 3289-0391 - 2121-8227 - e-mail: atendimento@escolacera.com.br
Escola do Sítio - Pré  escola e Ensino Fundamental - Fone: 3289-6433
Barão de Teffé - Maternal, Infantil e pré - Fone: 3289-4766
Escola Estação Criança - Maternal, Infantil I e II, Pré -Alfabetização - Fone: 3289-9101
Escola Ciranda - Infantil - Fone: 3289-9528
Escola Infantil Madrinha - Maternal, Infantil, Pré -primário - Fone: 3289-4584
Escola Infantil Recanto da Alegria - Berçário, Maternal, jardim, Infantil e Pré - Fone: 3289-0391
Jatobá  Recreação Infantil - Maternal, Infantil, Pré-primário - Fone: 3287-5344
Escola Infantil Jangadinha - R. Francisco Andreo Aledo, 181 - fone: 3289-5653

Vestibular tem 3 mil faltosos e tema da redação surpreende




O convívio entre gerações e o exercício continuo de todos em lidar com as diferenças foi a temática que permeou a prova do vestibular 2010 da Unicamp, que reuniu 52.529 candidatos em Campinas e em outras 23 cidades do Brasil no domingo (15). Quase três mil candidatos faltaram }à prova. O tema da redação foi 'Gerações'. “É um tema atual e muito próximo dos jovens. Eles, geralmente, estão em uma fase de transição em sua vida, seja no âmbito familiar ou profissional”, contextualizou Renato Pedrosa, coordenador da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest). Este foi o maior vestibular já realizado pela Universidade, com 55.4484 inscritos. Medicina foi o curso mais concorrido, com 89,7 candidatos por vaga.

A prova da primeira fase foi composta da redação e 12 questões discursivas envolvendo as áreas de ciências biológicas, física, geografia, história, matemática e química. A lista dos candidatos aprovados para a segunda fase será divulgada no dia 16 de dezembro, e as provas acontecem entre os dias 10 e 13 de janeiro. Este ano, como medida para aprimorar a segurança do processo, os candidatos precisaram apresentar duas fotos 3x4 datadas (ano de 2009). De acordo com a Comvest, os vestibulandos que esqueceram de levar as fotos ou se apresentaram com fotos antigas realizaram a prova mediante a assinatura de termo se comprometendo a levar as fotos exigidas no primeiro dia de provas da segunda fase. “Sem elas, os candidatos não poderão fazer a prova”, ressalta Pedrosa.

O índice de abstenção foi 5,3% e, segundo Pedrosa, esteve dentro do previsto. “O índice se manteve na média dos outros anos. O número de ausentes do vestibular da Unicamp sempre foi um dos mais baixos do país”, afirma. Ainda de acordo com a Comvest, dois candidatos fizeram a prova de hospitais, um em Campinas, do Hospital de Clínicas (HC) da Unicamp, e outro da cidade de Belo Horizonte.

domingo, 15 de novembro de 2009

Unicamp inicia neste domingo seu maior vestibular

Neste domingo (15), a Unicamp começa a realizar o Vestibular Nacional Unicamp 2010, com a aplicação da prova da primeira fase em 24 cidades do Brasil. 55.475 candidatos estão inscritos, maior número já registrado pela Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest). Os candidatos vão disputar 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto). Os locais de prova de cada canditato estão disponíveis para consulta em www.comvest.unicamp.br.

A prova da primeira fase inclui a Redação e 12 questões gerais de natureza discursiva: Ciências Biológicas, Física, Geografia, História, Matemática e Química. A Unicamp aplica a primeira fase nas seguintes cidades: Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos.

A orientação é para que os candidatos cheguem ao local de prova às 13 horas, já que os portões serão fechados impreterivelmente às 13h45. Sair de casa com antecedência é importante, tendo em vista que o candidato poderá encontrar trânsito e congestionamento em alguns locais como PUC Campinas Campus I e Unip Campinas Campus II (Swifit). Nos Estados onde não há ‘horário de verão’, a Comvest seguirá o horário local e não o horário de Brasília. A Comvest orienta os candidatos a fazerem o percurso até o local de provas antes do dia do exame, para conhecerem o caminho. O tempo de prova é de quatro horas e o tempo mínimo de permanência nas salas na primeira e na segunda fase é de 2 horas e 30 minutos.

O que levar para a prova
No dia da prova, os candidatos deverão levar duas fotos coloridas 3X4, datadas, tiradas em 2009 (com nome e número de inscrição anotados no verso), o original do documento indicado na inscrição, lápis, caneta azul ou preta, borracha e uma pequena régua. É vedada a utilização de calculadora, celulares e pagers, corretivo líquido, relógio com calculadora, bem como é proibido o uso de boné ou chapéu, ou quaisquer outros materiais estranhos à prova. Os candidatos não precisarão levar o comprovante de inscrição ou o comprovante de pagamento no dia da prova. Para se certificar que estão inscritos, os candidatos devem consultar a opção “situação de inscrição” na página da Comvest na internet.

Dia 16 de dezembro a Comvest divulga a lista de aprovados para a segunda fase. A segunda etapa acontece de 10 a 13 de janeiro de 2010.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

A história da Emei Agostinho Páttaro aos 40 anos



No início do século passado Jerônimo Páttaro, então com 16 anos,  saiu de um lugarejo perto de Veneza chamado Meolo, na Itália, e veio com a família para a nova terra, o Brasil, para tentar a vida. Com ele veio também uma irmã mais velha, Elizabeta, conhecida pela sua atraente beleza. Foram morar em Jundaí e depois em Ribeirão Preto, onde um rico fazendeiro se apaixonou por Elizabeta e com ela se casou.

Foi este fazendeiro que ajudou Jerônimo a comprar as terras da família Almeida Prado no local onde hoje fica o distrito de Barão Geraldo. Anos depois seu filho, Agostinho Páttaro, doou a área para a prefeitura, que ali construiu a Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) que leva seu nome, e que comemorou os 40 anos de história e existência no dia 7 de novembro.

Milhares de crianças passaram então pelos bancos escolares e pela piscina da Emei Agostinho Páttaro desde então. Uma delas, que contou esta história, foi João Carlos Páttaro, hoje com 44 anos, neto de Agostinho. “Estudei aqui no pré primário em 1972, quando tinha seis anos, e  o prédio continua igual, só mudaram algumas instalações. A diretora era 'Dona' Enedina e que tinha bastante brinquedo para a criançada, mas o bom mesmo era nadar na piscina”, lembra João Carlos.

A professora Enedina, hoje com 87 anos,foi a responsável por montar o pomar e a horta, que até hoje são cultivados pelos educadores e alunos. As comemorações contaram com missa e atrações como a apresentação do tenor Vicente de Paulo Montero, com composições de Carlos Gomes, apresentações de coral, circo, teatro e poesia, demonstração de adestramento de cães da Guarda Municipal, e até a apresentação de um documentário sobre a história da escola.

“O documentário é inédito e super importante. A equipe da escola fez uma vasta pesquisa, com recortes de jornal, fotos do arquivo do Museu da Imagem e do Som e depoimentos de pessoas que fizeram parte da trajetória da escola nesses 40 anos”, afirmou a diretora da unidade, Regina Valverde.

Hoje a escola, mantida pela prefeitura, educa 330 crianças de dois a seis anos, com 14 turmas no período matutino e vespertino, e é uma das únicas de Campinas que ainda mantém o modelo tradicional de grupo escolar.  A Emei Agostinho Páttaro fica na Rua Manoel Antunes Novo, 505, centro de Barão Geraldo.

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

Jardim é campeão da 19ª Copa Barão de Futebol Amador 2009




A equipe do Jardim Futebol Clube, do Jardim São Gonçalo no Real Parque, conquistou neste domingo, dia 08 de novembro, o título da 19ª Copa Barão de Futebol Amador 2009, em partida final disputada contra o time do União, do Jardim Santa Mônica, na Praça de Esportes Orestes Quércia, próximo ao terminal de ônibus no Distrito de Barão Geraldo, em Campinas.

A vitória do Jardim por 2 a 0 sobre o União foi suada e emocionante. Pressionadas pelas torcidas que compareceram em peso para conferir a final, os dois times tiveram boas chances de gol no primeiro tempo, e o Jardim chegou a perder um pênalti cobrado pelo zagueiro Paulão. Mas logo no início do segundo tempo o Jardim conseguir sair na frente com um gol do Pardal num bate rebate dentro da área do União. Pardal também foi autor do segundo gol, quando usou a velocidade para driblar o goleiro e estufar a rede adversária.

O time da Santa Mônica tentou reagir mas os ataques terminavam nas mãos do goleiro Gustavo. No final da peleja dois jogadores, um de cada time, foram expulsos depois de se desentenderem em campo: Afrânio, do Jardim, e Dando, do União.

É a segunda vez que o Jardim leva o título da Copa Barão. A primeira conquista foi em 2005. No ano passado a equipe tricolor do Barão Geraldo (Centro) sagrou-se campeã ao derrotar o Village por 2 a 1 na grande decisão.

A copa Barão foi organizada pela Associação Desportiva Barão Geraldo. Participaram este ano as seguintes equipes: Atitude F.C. (Alto Cidade Universitária); Campinas Esporte Clube (Jardim São José); Clube Atlético Barão Geraldo (Centro); Coringa Esporte Clube 3 Estrelas (Paulínia); Esporte Clube Boa Esperança (Vila Holândia); Esporte Clube Brasil (Jardim São Marcos); Esporte Clube Juventude (Jardim Santa Genebra II); Esporte Clube Village (Village); Jardim Futebol Clube (São Gonçalo); Pacaembu Futebol Clube (Jardim Pacaembu); Panela Futebol Clube); Alto Cidade Universitária); Potro Futebol Clube (Vila Santa Isabel); Renegados Futebol Clube (Jardim São Fernando); e União Futebol Clube (Jardim Santa Mônica). 

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Teatro de bonecos diverte e orienta crianças da Sobrapar nesta segunda


     
Hospital promove a “Manhã do Sorriso para a Vida”, com apresentação de teatro de bonecos por alunos do Instituto de Artes da Unicamp

Arte e o teatro vão auxiliar os pequenos pacientes do Hospital Sobrapar, portadores de fissura lábio palatina, a prevenir problemas dentários e a fazer a higiene bucal. Nesta segunda-feira, dia 9 de novembro, a partir das 8 horas, acontecerá a “Manhã do Sorriso para a Vida”, evento já tradicional no Hospital Sobrapar, onde mais de 100 crianças com fissura serão recebidas no hospital não apenas pelos profissionais da instituição, mas também por alunos do Instituto de Artes da Unicamp para uma série de atividades que visam orientar sobre cuidados bucais. A peça “A Fada dos Dentes”, feita com teatro de bonecos, será encenada para os pacientes a partir das 8h30. Na sequência, as crianças assistirão desenhos animados com o tema “Saúde Bucal” e depois aprenderão a escovar os dentes em um “escovódromo” montado no corredor do hospital.

“É uma atividade importante para esses pacientes porque os dentes dos fissurados são mais frágeis. E todos eles usam aparelhos ortodônticos, o que naturalmente dificulta a higienização com fio dental e escova”, diz Ana Cristina S. Rossi, responsável pelo Setor de Ortodontia da Sobrapar. De cada grupo de 650 bebês nascidos vivos no Brasil, um tem fissura lábio palatina, deformidade que pode provocar seqüelas graves, como perda da audição, problemas de fala e déficit nutricional, além do sofrimento com o preconceito.

O tratamento é longo, do nascimento até a fase adulta - chegando a quase 20 anos de duração. O Hospital Sobrapar realiza gratuitamente 19 mil atendimentos por ano e 1,2 mil cirurgias. Cerca de 60% dos pacientes são portadores de fissuras e o hospital conta com apoio financeiro para as cirurgias de fissura dado pela organização internacional Smile Train.

Total reabilitação

As crianças são encaminhadas à Sobrapar logo ao nascer e isso faz a diferença no tratamento. Quando a família chega ao hospital da Sobrapar pela primeira vez, é atendida pela área de Serviço Social, que relata a história da instituição, o tipo de atendimento realizado e os diversos profissionais disponíveis. A entrevista social é detalhada, com a coleta de diversas informações. Após o inicio do tratamento, é feito um planejamento do processo de reabilitação e a busca de alternativas junto a áreas sociais de prefeituras e governos para que o tratamento possa ser efetivado. As famílias também vêem fotos de bebês antes e depois das cirurgias.

O paciente é então encaminhado para as outras especialidades (fonoaudiologia, cirurgia plástica, ortodontia e psicologia). Nesse primeiro dia, a família permanece por um período em torno de quatro horas no hospital para ser entrevistada por toda a equipe. A profissional de genética é a última a conversar com as famílias e ver os bebês. Na seqüência, são solicitados os retornos. “A total reabilitação do paciente com fissura é possível e quanto mais cedo a intervenção, melhor”, diz Cassio Eduardo Raposo do Amaral, cirurgião plástico e vice-presidente da Sobrapar.

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Escola de educação infantil comemora 40 anos

A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Agostinho Páttaro, localizada em Barão Geraldo, vai comemorar com uma grande festa os 40 anos de história e existência no sábado, dia 7 de novembro.

A festa, chamada de Momento Cultural, será aberta aos pais e a toda comunidade, e está prevista para acontecer das 10h às 17h. Com uma vasta programação, as atrações vão desde a apresentação do tenor Vicente de Paulo Montero, com composições de Carlos Gomes, além de atividades culturais como apresentações de coral, circo, teatro e poesia, demonstração de adestramento de cães da Guarda Municipal, até a apresentação de um documentário sobre a história da escola.

“O documentário é inédito e super importante. A equipe da escola fez uma vasta pesquisa, com recortes de jornal, fotos do arquivo do Museu da Imagem e do Som e depoimentos de pessoas que fizeram parte da trajetória da escola nesses 40 anos”, afirmou a diretora da unidade, Regina Valverde.

Segundo a educadora, a comemoração, incluindo a produção do documentário, foi planejada pela equipe da Emei articulando a história da escola com o projeto pedagógico desenvolvido. A partir daí, familiares de Agostinho Páttaro - que empresta o nome à escola - foram localizados, a primeira diretora da unidade, a professora Enedina, hoje com 87 anos e que foi responsável por montar o pomar e a horta, que até hoje são cultivados pelos educadores e alunos, também foi convidada a participar da comemoração e do vídeo que conta a história da escola.

Outros personagens importantes para a Emei, como todas as diretoras que passaram por lá e alunos que hoje são professores ou acadêmicos, além do fotógrafo Henrique Oliveira Junior, que fez as fotos de inauguração da escola, tiveram participação e foram convidados para participar da grande festa organizada com dedicação pela equipe escolar. “Só pudemos preparar esse evento por causa de todas as pessoas que fizeram parte da escola”, disse a diretora.

Conhecimento

Como uma continuação das comemorações de 40 anos da Emei e com o objetivo de integrar os educadores das escolas públicas da região Norte de Campinas, onde está localizada a unidade, a equipe da Agostinho Páttaro organizou uma mesa redonda com o tema “Linguagem, letramento e educação” que será realizada na terça-feira, dia 10 de novembro, das 9h às 11h30. As mediadoras serão Angela Kleimen e Ana Lúcia Goulart, da Unicamp.

Segundo a diretora da escola, o debate será uma oportunidade que os educadores da Emei e de outras escolas terão para troca de experiências e atualização de conhecimentos. “Nossa escola é pública e tem muita qualidade e por isso, sempre buscamos o melhor para nossos profissionais e alunos”, concluiu Regina Valverde.

Serviço: O Momento Cultural acontece neste sábado, dia 7 de novembro, a partir das 10h na Emei Agostinho Páttaro (R. Manuel Antunes Novo,505,Barão Geraldo). Mais informações pelo telefone: (19) 32880347.

Confira a programação das comemorações dos 40 anos da Emei Agostinho Páttaro:

Dia 7/11- sábado

10h às 10h30 Abertura do Evento

10h30 às 10h45- Miguel (Sub-Prefeito de Barão Geraldo) e Equipe Pedagógica: Regina Valverde, Claudia Bueno e Maria José Ávila

11h às 12h- “Projeto Carlos Gomes” com Vicente de Paulo Montero (tenor) e Marisilda Tescaroli (vida e obra do Maestro Carlos Gomes)

12h às 13h- Demonstração do adestramento de cães da Guarda Municipal e apresentação do documentário “40 anos da EMEI Agostinho Páttaro”

13h às 14h -Coral da EMEI sob regência da professora Marina Milito

14h às 15h -Apresentação “Circo na Escola” com Daniel Lopes, Danilo Morales e Rodrigo Mallet ( FEF- ÚNICAMP)

15h às 16h- Apresentação do “Cabaré Semente”

16h às 17h -Declamação de poesias por Sebastião Vital (Jardineiro e Poeta da Sub-Prefeitura e EMEI)

17h Encerramento

Dia 10/11- terça-feira

9h às 11h30- Mesa Redonda: “Linguagem, letramento e educação”. Mediadoras: Angela Kleimen (professora do Instituto de Estudos de Linguagem- Unicamp) e Ana Lúcia Goulart (professora da Faculdade de Educação- Unicamp).

A Emei Agostinho Páttaro fica na Rua Manoel Antunes Novo, 505

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Palestra do Sebrae atrai grande público


Cerca de 100 pessoas acompanharam atentamente as orientações profissionais para alavancar o comércio varejista

As “Tendências do Marketing no Varejo” e o “Programa Comércio Varejista de São Paulo” foram os temas de palestras ministradas pela gestora do projeto do Sebrae-SP no Sudeste Paulista, Alessandra Consoline Dalforno, dia 27 de outubro na Casa da Moqueca.

Aproximadamente 100 comerciantes acompanharam atentamente as palestras e orientações profissionais. Prestigiaram o evento o secretário de Comércio, Indústria, Serviços e Turismo da Prefeitura, Sinval Roberto Dorigon, o sub-prefeito de Barão Geraldo Miguel Tadeu Rodrigues e outras autoridades.

Para a presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Campinas e Região, Sanae Murayama Saito, que apoiou o evento, o programa do Sebrae está sendo levado a todas as regiões de Campinas, e Barão Geraldo mostrou seu potencial com o grande público.

O sub prefeito Miguel Rodrigues elogiou a descentralização das ações da prefeitura e o secretário Dorigon o grande número de restaurantes em Barão Geraldo, que está transformando Campinas na capital gastronômica. “Lucro não é pecado e se o comércio tem mais lucros, paga mais impostos e ajuda Campinas”, discursou.


Marketing

 Alessandra iniciou a palestra orientando sobre questões fundamentais para o comércio, como preço e lucro, cenário de negócios, competição, canais de compras, perfil dos clientes e política de atendimento. “O melhor cliente é o que paga à vista com cartão. Quando é bem atendido fala para três ou quatro pessoas, mas quando é mal atendido fala para sete ou oito”, ensina.

A consultora falou também da importância do marketing e da propaganda para atrair mais clientes e ampliar as vendas. “A melhor divulgação é a que chega aos seus clientes. É importante investir em comunicação integrada e também facilitar o acesso dos clientes em horários alternativos”, destacou.

Segundo Alessandra, as promoções permitem aumentar temporariamente o movimento e existem mais de 60 tipos delas. As mais comuns são os descontos nos preços, ms podem ser brindes, cupons, e outras. “Deve se tomar cuidado para não cair na armadilha da promoção, quando o preço praticado não aumenta avenda e não cobre o aumento de custo”, alerta.

A importância do relacionamento com os clientes foi lembrada aos comerciantes. “Os que têm cadastro com data de aniversário podem enviar um cartão ou oferecer um produto com desconto nesta data para fidelizar o cliente”, acrescenta.

“O mais importante é não perder vendas com produtos inadequados, equipe deficiente, falta de opções de pagamentos, descuido das promoções, e divulgação ausente ou inadequada”, insiste a consultora.

“Quem não é visto não é lembrado. E aquilo que  se começa já está metade feito”, finaliza.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Via Appia é o novo espaço para eventos de grande porte na região

     
Espaço de 3.100 metros quadrados ao lado da rodovia Dom Pedro vai abrigar casamentos, festas de formatura e eventos corporativos

Espaço é fundamental e bem aproveitado no mais novo empreendimento inaugurado em Campinas para abrigar eventos de grande porte. Depois de três anos de construção e investimento de R$ 5 milhões, foi inaugurado na quarta-feira, 28, o Via Appia Eventos, próximo ao trevo de acesso para Valinhos e Joaquim Egídio pela rodovia Dom Pedro. São 18 mil metros quadrados de área total e 3.100 de área construída.

“Nós mesmos projetamos a construção com base no espaço que temos”, conta o proprietário Adriano S. Leandro, que decidiu investir no empreendimento, junto com a esposa Karen Leandro, depois de uma ampla pesquisa de mercado, mapeamento do público e visita a dezenas de locais destinados a abrigar festas e eventos. “No início pensamos em um local para festas de casamentos, e criamos até uma suíte da noiva, mas a casa pode abrigar também festas de formatura e eventos corporativos”, acredita.

A suíte da noiva é um espaço à parte, com decoração harmoniosa dos arquitetos Nelson Bergamo e Gustavo Mahalow, com amplos espelhos, sala de estar com TV, sofás e divã, e banheira de hidromassagem no banheiro privativo com espelho para maquiagem. No hall de entrada um enorme lustre de cristais dá as boas vindas aos convidados. Um piano de cauda branco instalado por Eduardo Gomes garantiu o som ambiente na recepção. No enorme salão, além do palco com instalações de luz e som, espaço para bar, buffet, dezenas de mesas redondas com dez cadeiras almofadadas cada. A climatização e o piso de granito completam o luxo e conforto do ambiente.

O Via Appia vai trabalhar com aluguel do espaço em três modalidades: para 300, 600 e 1.200 pessoas. A estrutura de segurança, manobristas e limpeza fica por conta da casa. O buffet, música e decoração por conta do cliente. A festa de inauguração foi patrocinada por uma agências de veículos BMW e pela Mont Blanc de Campinas. Centenas de convidados VIP de Campinas prestigiaram o evento, que culminou com a apresentação da Família Lima.


Família Lima

José Carlos Lima comanda o grupo musical que completou 15 anos de formação e seis discos lançados no período, o último, “Carmina Burana”, de grande sucesso. O nome do grupo corresponde à verdade: é formado pelo pai José Carlos, três filhos (Amon-Rá, Moisés e Lucas) e um sobrinho (Allen). “A mãe é alemã e eu sou descendente de espanhol e português”, responde Zeca ao ser indagado das origens.

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Prefeitura realiza plantio de 1700 mudas no ribeirão Quilombo

“Campinas está buscando ser uma cidade sustentável sem barrar o seu desenvolvimento. Não podemos permitir que com o crescimento o meio ambiente seja prejudicado”, afirmou o prefeito Hélio de Oliveira Santos, durante o plantio de 1700 mudas às margens da nascente do Ribeirão Quilombo, região Norte da cidade, na manhã desta quinta-feira, dia 29 de outubro, como compensação ambiental.

O plantio foi realizado pelo Departamento de Parques e Jardins (DPJ), pertencente à secretaria municipal de Serviços Públicos, em parceria com a empresa Van der Hoeven, que fez a doação de parte das mudas. O objetivo da ação é a recuperação da mata ciliar local. Estão sendo utilizadas mudas nativas como jacarandá, ipês, araxá, ingá e acerola.

Segundo Dr. Hélio, a administração pública vai intensificar a campanha para compensação do meio ambiente por meio de pagamento de passivos ambientais. “Vamos estabelecer que todo evento que for realizado em Campinas terá que apresentar cálculo de passivo ambiental. E isso inclui ações da Prefeitura, vamos fazer plantios na periferia também, de acordo com os eventos realizados”, disse.

Os secretários municipais de Serviços Públicos, Flávio de Senço, e de Meio Ambiente, Paulo Sérgio Garcia de Oliveira, o diretor do DPJ, Ronaldo de Souza, o diretor da macrorregião Norte, Augusto Vilhena e representantes da empresa Von der Hoeven, também participaram do início do plantio.

Macrocorredores ecológicos

O plantio das 1700 mudas na nascente do Ribeirão Quilombo, compõe o macrocorredor ecológico norte, que vai envolver também os distritos de Sousas, Joaquim Egídio e Barão Geraldo totalizando uma área 31,7 quilômetros quadrados. Na área de bacia do Ribeirão Quilombo, sua implantação possibilitará a ampliação da área verde da reserva em cinco vezes.

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Paulo Sérgio Garcia de Oliveira, a ação desta quinta-feira dá início ao macrocorredor norte. “Esse é o primeiro plantio no corredor norte que integra a bacia do Ribeirão Quilombo, onde a Prefeitura já possui extenso trabalho, inclusive com a ampliação da Mata Santa Genebra”, disse.

Os macrocorredores são um projeto desenvolvido pela Prefeitura, por meio da secretaria municipal de Meio Ambiente. A proposta é de que sejam criados dois macrocorredores, norte e sul, que ocuparão 64,7 quilômetros quadrados e vão permitir que Campinas amplie sua área verde por habitante dos atuais 5,6 metros quadrados para 64,7 metros quadrados.

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Vírus da gripe suína ainda circula e mata muito no Brasil

O governo bem que tentou fazer uma 'cortina de fumaça' em torno das informações sobre o aumento no número de mortos no País, mas na realidade o Brasil é campeão mundial, ao lado dos Estados Unidos, em óbitos por gripe suína e concentra mais de 25% das vítimas fatais no mundo todo, que já registra aproximadamente 5 mil mortes. Ou seja, em cada quatro mortos no mundo 1 é do Brasil .

O aumento de mortes entre setembro e outubro foi de 50%, dos 899 registrados em 16 de setembro subiu para 1.368 mortes em 19 de outubro.

Mas a divulgação oficial começa com a seguinte informação: "Casos graves de gripe suína no Brasil caem 97% em dois meses". O que não é mentira, mas apenas uma distorção da realidade. O Ministério da Saúde simlesmente não coloca mais em destaque no seu site, que ficou fora do ar vários dias, informações sobre o Inflenza A H1N1, nem faz a ampla divulgação que havia no início, que era diária, depois passou a semanal, e agora é mensal e certamente tornar-se-á esporádica, já que a grande imprensa está mais interessada em 'levantar a bola' da vinda dos Jogos Olímpicos no distante 2016 ou ainda sobre o pré-sal, que dará algum resultado, se der, só daqui a vinte anos.

Se o internauta procurar informações sobre a gripe suína no site oficial do Ministério da Saúde não encontrará as informação acima, mas somente formas de tratamento e outras, e ainda assim o que aparece é uma pesquisa do google com informações genéricas da rede, e não os dados e estatísticas anteriores (tente http://portal.saude.gov.br/portal/saude/).


O número de casos graves de influenza A (H1N1) passou de 2.828 na semana encerrada em 8 de agosto para 78 em 10 outubro, de acordo com boletim divulgado dia 19 pelo Ministério da Saúde para a Agência Brasil. Essa é a queda de 97% em dois meses anunciada no início da divulgação.

De abril a outubro, o país registrou 17.219 casos da nova gripe, com 1.368 mortes confirmadas. A taxa de mortalidade da doença no Brasil é 0,7 por 100 mil habitantes. No último boletim, de setembro, o Brasil registrava 899 mortes. No entanto, de acordo com o ministério, o acréscimo não se refere a casos novos de pessoas que morreram no período analisado, mas aos casos que tiveram confirmação laboratorial entre os dias 12 de setembro e 10 de outubro.

De acordo com o ministério, a comparação com outros países ficou prejudicada porque a atualização dos dados internacionais não se dá de maneira uniforme. Os Estados Unidos, por exemplo, país que registra o maior número de óbitos, mudaram recentemente o critério de classificação de mortes, zerou as estatísticas e passou a contabilizar não só as mortes causadas pelo vírus A (H1N1), mas por qualquer tipo de influenza. Nos Estados Unidos foram registrados, mesmo com a mudança do critério de classificação, pouco mais de mil mortes, e o presidente Barack Obama decretou estado de emergência diante dos riscos da chegada do inverno.

Nos últimos dias, houve aumento das taxas de transmissão de doenças respiratórias na América do Norte, Europa Ocidental e no Norte da Ásia por causa da proximidade do inverno nas regiões temperadas do Hemisfério Norte. Na Europa a partida do Olympique de Marselha contra o Paris Saint-Germain, pelo Campeonato Francês, marcada para domingo, foi adiada depois que vários jogadores do PSG foram diagnosticados com a gripe H1N1.

Personagem de três seios é inspiração de novo restaurante

Badebec, personagem de François Rabelais, é a deusa da satisfação que, com seus três seios, foi a primeira a servir o banquete dos deuses, despertando-os para o prazer mágico do paladar. Dois dos seios derramam o amor em forma de leite e o terceiro um inebriante vinho.

A personagem deu origem ao nome do restaurante Badebec, inaugurado no Galleria Shopping, em Campinas, por simbolizar alimento e prazer, objetivos básicos dos idealizadores do restaurante, que teve sua primeira unidade implantada no espaço deixado pelo supermercado Pão de Açúcar no Market Place, em São Paulo. Um espaço enorme que, no entanto, demonstrou ser ideal para o restaurante.

Campinas é a primeira cidade a ter uma filial do Badebec, no espaço onde funcionou alguns anos o Café Cancun, logo na entrada principal do Galleria. “Fomos convidados pelo Ricardo Flora, diretor comercial do Grupo Jereissatti, e fiquei encanada com a beleza do Galleria”, conta Lourdes Bottura, sócia proprietária do restaurante e idealizadora do cardápio que, segundo ela, muda todo dia. “Às vezes no mesmo almoço colocamos saladas e pratos principais diferentes dependendo do movimento e horário”, afirma. E nunca deixa a mesa de servir com menos de um terço do volume, para não parecer 'fim de feira'.

A qualidade é o primeiro quesito, garante Lourdes. “É a comida que todo mundo faz para receber uma visita em casa e tem o prazer de anunciar: o jantar está servido”, exemplifica. Além do restaurante, Badebec também é sinônimo de buffet e serviu com maestria os jantares da Casa Cor Campinas. No espaço do Galleria tem chopperia, pizzaria com opção de rodízio, e a la carte, incluindo um cardápio infantil onde a comida é divertida e saudável. “Todos os nossos produtos são naturais e procuro sempre elaborar receitas com verduras, legumes e frutas da época, que são mais baratos e saborosos”, ensina Lourdes.

A proprietária põe, literalmente, a mão na massa, pilota as panelas e caçarolas, e faz questão de motivar a equipe de 35 pessoas dando oportunidades de atuar em vários setores do restaurante, para despertar talentos e aproveitar potencialidades. O preço ao consumidor raramente passa dos R$ 30,00 por pessoa. “Nosso espelho é nossa comida e atendimento”, finaliza.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Unicamp é a campeã nos Jogos Universitários

A Unicamp é a grande campeã da primeira edição dos Jogos Universitários de Campinas. O resultado foi garantido neste domingo, 25 de outubro, com as finais das modalidades coletivas, além do tênis de mesa e xadrez.

O segundo lugar foi para os alunos da Unip e a terceira colocação ficou com os universitários da Puc-Campinas.

Na próxima quarta-feira, 28 de outubro, acontece o último jogo do torneio. A final de handebol masculino teve que ser adiada, e Unicamp e Puc-Campinas irão decidir o título da modalidade. No entanto, a pontuação do handebol não irá interferir na posição dos três primeiros colocados.

Também na próxima semana, será realizada a cerimônia de premiação oficial com a entrega dos troféus para os primeiros colocados gerais, e nas modalidades coletivas e individuais.

Jogos

Durante mais de um mês de competições cerca de dois mil estudantes de onze instituições universitários participaram do I Jogos Universitários de Campinas.

O torneio foi realizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer. A competição foi dividido em duas categorias. Uma com as equipes oficiais universidades: Esamc, FAC, Facamp, Metrocamp, Policamp, Puc-Campinas, São Leopoldo Mandic, Unisal, USF, Unicamp e Unip foram representados por suas seleções oficiais.

A outra categoria foi com um caráter mais participativo, com as equipes dos cursos das diversas instituições.

De acordo com o secretário de Esportes e Lazer, Gustavo Petta, a competição cumpriu vários objetivos. “Conseguimos mobilizar as atléticas, que têm uma experiência nesse tipo de competição, e também envolver os alunos. Mas vai ser na persistência que conseguiremos fazer com que os Jogos Universitários voltem a ser uma tradição como foi no final dos anos 70”, afirmou.

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Vestibular da Unicamp tem recorde de candidatos inscritos: 55 mil



A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) recebeu um número recorde de inscrições para o Vestibular Unicamp 2010: 55.475 candidatos. O número é 12,5% superior ao do vestibular passado, quando a Unicamp teve 49.322 inscritos. O recorde anterior havia sido registrado no Vestibular Unicamp 2005, com 53.756 candidatos.

Os mais de 55 mil candidatos disputarão 3.444 vagas distribuídas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp – Faculdade de Medicina e Enfermagem de São José do Rio Preto. A relação candidatos por vaga (c/v) geral passou de 14,4 no ano anterior para 16,1 nesta edição. Os locais de prova da primeira fase serão divulgados pela Comvest em 05 de novembro, nesta página. A prova da primeira fase acontece no dia 15 de novembro, composta de uma Redação e 12 questões gerais dissertativas: Ciências Biológicas, Física, Geografia, História, Matemática, e Química.

Medicina

Como ocorre desde que a Unicamp desenvolveu seu próprio processo de seleção, é o curso mais concorrido do vestibular, com quase 10 mil candidatos, resultando em pouco menos de 90 candidatos por vaga. Em seguida, vêm as carreiras de Medicina na Famerp (62,5 c/v), Arquitetura e Urbanismo (60,3 c/v), Comunicação Social e Midialogia (37,9), Ciências Biológicas – Integral (35,1 c/v), Engenharia Química – Integral (31,9 c/v), Farmácia (30,2 c/v), Engenharia de Produção (28,2 c/v), Engenharia Civil (27,4 c/v) e Ciências Econômicas – Integral (24,5 c/v).

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

Projeto cultural realiza shows e oficina em Barão Geraldo

Quatro shows do projeto “Outros Cantos”, apoiado pelo Fundo de Investimentos Culturais de Campinas (FICC), serão realizados a partir do dia 5 de novembro em quatro pontos da cidade.

O projeto tem como objetivo oferecer ao público contato com o potencial lírico da palavra, por meio de um apurado repertório de canções e poemas.

De acordo com o coordenador do projeto, Moacir Ferraz, a mistura da canção e da poesia vai promover uma experiência sensorial no público. “O show pretende trazer ao palco uma voz que desencadeia impressões e sensações, que confere peso, sabor e forma à palavra, levando ao público um trabalho de qualidade diferenciada, garantida pelo currículo dos profissionais envolvidos”, explica.

O repertório dos shows inclui autores renomados como Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Gilberto Gil, Hilda Hilst, João Cabral de Melo Neto e alguns não tão conhecidos do público, mas com obras relevantes, além de composições de Ieda Cruz, cuja voz vai dar vida aos textos a serem ditos e cantados.

Oficinas

Em contrapartida, o projeto cultural realiza entre os dias 7 e 21 de novembro uma oficina de técnica e expressão vocal em quatro locais diferentes da cidade.

A oficina consiste em uma introdução teórica seguida de atividades práticas, que visam relembrar aos participantes que a voz não é só da cabeça, mas do corpo. O trabalho também terá como foco ampliar a consciência sobre algumas características do português falado no Brasil e a exploração de seu potencial expressivo. Segundo Ferraz, os alunos terão acesso a gravações com exemplos de tudo o que vai ser trabalhado durante a oficina. “No final, os participantes vão sair das oficinas com formações que instigarão à pesquisa por conta própria”, explica.

Destinada a pessoas com mais de 16 anos e interessadas no trabalho com a palavra em cena, cada oficina terá 25 vagas que deveram ser preenchidas até. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas diretamente no local a o data início de cada oficina.

Programação:

Shows
Data: 5 de novembro (quinta-feira)
Horário: 21h
Local: Tugudum
Rua Maestro Francisco Manoel da Silva, 690 - Santa Genebra

Data: 13 de novembro (sexta-feira)
Horário: 21h
Local: Boa Companhia
Rua Edna de Barros Sanchez,79 - Vila Santa Izabel/Barão Geraldo

Data: 18 de novembro (quarta-feira)
Horário: 21h
Local: Lume
Rua Carlos Diniz Leitão, 150 - Vila Sta Isabel - Barão Geraldo

Data: 21 de novembro (sábado)
Horário: 21h
Local: Teatro Sia Santa
Rua Sebastião Paulino dos Santos, 20 - Parque Santa Bárbara

Oficinas

Data: 7 de novembro (sábado)
Horário: 14h às 17h
Local: Centro Cultural Pe. Anchieta
Avenida Cardeal Dom Agnelo Rossi, s/nº – Distrito de Nova Aparecida
Telefone: (19) 37810382

Data: 11 de novembro (quinta-feira)
Horário:18h30 às 21h30
Local: Casa da Cultura Cidadania Antonio da Costa Santos
Rua Treze de Maio, 48 – Sousas
Telefone: (19) 3258 7828 / 8217 5249

Data: 17 de novembro (quarta-feira)
Horário: 19h às 22h
Local: Boa Companhia
Rua Edna de Barros Sanches, 79 - Distrito de Barão Geraldo
Telefone: (19) 3288 0267

Data: 21 de novembro (sábado)
Horário: 9h30 às 12h30
Local: Teatro Sia Santa
Rua Sebastião Paulino dos Santos, 20 - Parque Santa Bárbara
Telefone: (19) 3281 3174

Palestra sobre o Comércio Varejista chega a Barão Geraldo

Incentivar e melhorar o comércio varejista formal em diversas regiões de Campinas. Este vem sendo o objetivo do Programa Comércio Varejista, implantado por meio de uma parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Comércio, Indústria, Serviços e Turismo, com o Sindi Varejista de Campinas e Região; Sebrae e Senac.

O Programa iniciado em abril deste ano já contemplou três regiões da cidade: Dics, Campo Grande, Sousas e Joaquim Egídio. No próximo dia 27 será a vez de Barão Geraldo receber a programação a partir das 19h30 na Casa da Moqueca, localizada à Rua Maria Ferreira Antunes, nº 123, em Barão Geraldo.

A palestra é gratuita e abordará um olhar técnico sobre os negócios e temas como o visual do estabelecimento comercial, merchandising, marketing, além de dicas sobre 20 itens que vão desde a vitrine, até iluminação.

As vagas são limitadas e os interessados deverão se inscrever até o dia 26 de outubro pelo telefone (19) 3243-0277 ou pelo site www.sebraesp.com.br .

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Prefeitura consegue finalmente a presidência do Condema

O prefeito assasinado de Campinas Antonio (Toninho) da Costa Santos deve estar se revirando na cova. Arquiteto de uma política ambientalmente sustentável, defendia a autonomia do Conselho Municipal de Desenvolvimento do Meio Ambiente (Comdema), e sua gestão pela sociedade civil organizada, independente dos poderes públicos.

A prefeitura de Campinas, no entanto, depois de anos tentando destituir e minar o poder da presidente Mayla Porto, finalmente conseguiu eleger seu secretário de Meio Ambiente, Paulo Sérgio Garcia de Oliveira, como presidente do órgão, com 58% dos votos, ou 22 dos 38 conselheiros. Os outros candidatos representantes da sociedade civil, Victor Petrucci e Luiz Carlos de Souza, receberam 14 e dois votos respectivamente. Petrucci ficou com a vice-presidência.

A primeira pauta da próxima reunião do Comdema, prevista para novembro, é justamente uma das maiores polêmicas dentro do órgão nos últimos anos: o impacto da ampliação do Aeroporto de Viracopos. A eleição de um membro do poder público coloca os licenciamentos ambientais nas mãos da Prefeitura. O apoio dos setores empresariais foi decisivo para eleição de Oliveira.

O Comdema é formado por representantes dos setores empresarial (2), técnico-profissional (2), ambiental (4), sindicato dos trabalhadores (2), macrozona (9), Executivo (9) e instituições (10). Antes da votação, os candidatos foram sabatinados pelos conselheiros e todos defenderam a necessidade de que as questões ambientais passem por amplos debates na sociedade.

É papel do Comdema promover a participação organizada da sociedade civil no processo de discussão e definição das políticas ambientais; em questões referentes à preservação, conservação, defesa, recuperação, reabilitação e melhoria do meio ambiente no município.

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

Morre em Barão Geraldo o ‘gigante dos Trapalhões’ Emil Rached


Conheci Emil Rached quando comprei dele, em sua loja no Taquaral, uma churrasqueira modulada com a qual fizemos muita festa na casa da vila Santa Isabel, onde até hoje o Russinho (Álvaro Kassab) faz churrasco para sua família e amigos. 


Fiquei, como a maioria das pessoas, impressionado com as dimensões de seu corpo, pois não era só a altura, os pés e as mãos eram proporcionais. Parei para observar como ele entrava em seu Corcel azul, primeiro com a bunda para depois adentrar com a cabeça e os pés. Foi muito atencioso e gentil, de uma amabilidade inesquecível.

Medalha de ouro com a seleção brasileira nos Jogos Pan-Americanos de 1971 em Cali, Colômbia, morreu nesta quinta-feira, 15 de outubro, o ex-jogador de basquete Emil Rached, aos 66 anos de idade. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Centro Médico de Barão Geraldo, perto de Campinas. O ex-atleta não resistiu a complicações clínicas e morreu com uma infecção generalizada.

Com 2,20 m de altura, Emil Rached ficou conhecido como o mais alto jogador da história do basquete brasileiro. Nascido em 20 de junho de 1943, passou por Palmeiras, XV de Piracicaba, Corinthians, Botafogo-RJ, TC Campinas e Rio Claro. O pivô foi descoberto pelo árbitro Renato Righetto, que o apresentou ao time do Palmeiras em um jogo em Campinas. Na semana seguinte, o gigante já estava morando e treinando no Parque Antártica.

Pela seleção brasileira, além do título do Pan de 1971, ficou em terceiro lugar no Campeonato Mundial de 1967, disputado do Uruguai, além do vice-campeonato sul-americano em 1966, tendo disputado 18 jogos oficiais pelo time nacional.

Rached foi eleito o melhor jogador da final do Pan de Cali contra Cuba. “Fui o cestinha e eliminei três jogadores de Cuba na final por falta. Eu chamava muita atenção por ser grande. Conseguia atrair dois marcadores para mim e sempre um ficava livre”, contou o ex-jogador.

Apesar da passagem marcando pelo basquete, Emil Rached ficou famoso como ator, trabalhando ao lado da trupe dos Trapalhões, tanto em filmes quanto no programa de TV. Ele participou de “O Trapalhão nas Minas do Rei Salomão” e “Os Trapalhões na Guerra dos Planetas”, filmes que tiveram um público de 5 milhões de expectadores cada. “Um dia o Renato Aragão me convidou para ser parte efetiva dos Trapalhões. Eles se aproveitavam de mim”, disse Rached, em tom de brincadeira, sobre seus trabalhos ao lado de Didi, Dedé, Mussum e Zacarias.

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Prefeitura quer assumir controle do COMDEMA


Secretário do Meio Ambiente é um dos candidatos confirmados

O atual secretário Municipal de Meio Ambiente, Paulo Sérgio Garcia de Oliveira, já confirmou sua candidatura à presidência do Comdema (Conselho Municipal de Meio Ambiente), porém, a ação deixa clara a tentativa da Prefeitura de assumir o controle do conselho, que hoje está nas mãos de representantes independentes ou de oposição ao governo.

Mayla Porto, atual presidente do Comdema, explica que pela lei do conselho, é possível que um representante titular da secretaria do meio ambiente, pertencente ao segmento do poder executivo se candidate, porém não é desejável. “O governo está jogando todas as suas forças para ganhar o Comdema”, afirmou Mayla.

O posicionamento crítico do Comdema em questões de impacto local, como a ampliação do Aeroporto de Viracopos e a chegada do trem de alta velocidade, seriam fatores decisivos na disputa entre o conselho e a Prefeitura. Neste ano também será discutido o plano gestor da APA (Área de Proteção Ambiental), sendo importante a participação da sociedade civil.

Além do representante da Secretaria de Meio Ambiente, entram na disputa Luiz Carlos Sousa, representando a macrozona 08 e Victor Petrucci, representando a macrozona 02. Vitor é apoiado pela atual presidente Mayla Porto, que continua defendendo um conselho independente e autônomo. “O ambientalista Victor Petrucci traduz esta independência”, concluiu Mayla.

O Comdema tornou-se um órgão deliberativo pela Lei Municipal nº 10.841, de 24 de maio de 2001 e tem por objetivo promover a participação da sociedade civil no processo de discussão e definição da Política Ambiental no Município de Campinas.

A eleição está agendada para o dia 15/10 às 14h00 e acontecerá em reunião extraordinária especificamente convocada para este fim, na sede da Associação dos Rotarianos de Campinas, localizada na Av. Benjamin Constant, 1704, Centro.

Prefeito quer Campinas na rota do esporte internacional


Apontado pelo prefeito Hélio de Oliveira Santos como um dos maiores responsáveis, ao lado do presidente Lula, pela maior conquista internacional recente do Brasil - a escolha do Rio de Janeiro como cidade sede das Olimpíadas de 2016 - o ministro dos Esportes veio a Campinas para comemorar o feito na Casa Rio, em Sousas, cercado de elogios de dezenas de atletas e autoridades da região.


O 'Doutor Hélio', como é conhecido o pedetista na cidade já em seu segundo mandato, vinculou a proximidade de Campinas com Rio e São Paulo para pleitear a inclusão no projeto Cidades Olímpicas, que irá escolher cidades para abrigar centros de treinamento de atletas, além de uma opção de hospedagem dos atletas da Copa do Mundo em 2014, a partir do projeto do trem bala, para justificar a presença do ministro.

Mas o soteropolitano (nascido em Salvador) Orlando Silva de Jesus Filho parece ter sido convencido pela esposa, Ana Cristina Petta, a visitar a cidade. Tininha, como é chamada pelos amigos, é atriz e campineira. O ministro Orlando Silva é de Salvador, mas se conheceram em São Paulo, nos tempos de militância na UNE e no Partido Comunista do Brasil (PC do B), mais especificamente numa passeata pelo impeachment de Collor. Casaram-se e têm uma filha de dois anos.



Nada que tire o mérito do ministro, do Brasil ou de Campinas diante de um evento de tamanha importância, que já está formando a futura geração de atletas e promovendo o desenvolvimento da infra estrutura nos grandes centros brasileiros. “Meu secretário de Esportes já está orientado a treinar os atletas com com vistas às olimpíadas”, adiantou o prefeito. “É uma conquista do Brasil e não só do Rio de Janeiro, destacou o ministro, defendendo a inclusão do futebol de salão entre os esportes olímpicos.

Para os atletas que compareceram ao evento, os jogadores de vôlei Maurício e Virna, a saltadora Milena Canto Sae e a tenista Paula Cristina Gonçalves, todos de Campinas, as olimpíadas no Brasil são uma excelente oportunidade para o governo investir em infra-estrutura e incentivar os atletas do futuro. “Os investimentos já estão acontecendo e vamos ter um 'boom' no esporte brasileiro”, acredita Milena, do Clube Cultura, campeã de saltos ornamentais. “Com mais equipamentos e apoio o esporte tem bastante a crescer”, disse Paula, bi campeã brasileira de tênis.

O Grupo Galocantô ficou de lado na noite em que a grande atração foi o ministro, e os atletas convidados deram o tom da festa..

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Barão Geraldo recebe poda programada de árvores

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos, por meio do Departamento de Parques e Jardins (DPJ), começa na próxima terça-feira, 13 de outubro, amplo trabalho na arborização nas vias e praças do Distrito de Barão Geraldo (região Norte). Deverão ser podadas pelos menos 300 árvores e extraídas outras 20, devido doença em processo irreversível.

Conforme o diretor do DPJ, Ronaldo de Souza, a poda programada tem a finalidade de levantar a copa e dar mais vitalidade às árvores, tomando sempre cuidado para não causar mutilação.

Além do benefício para a vegetação e melhorar a visibilidade dos pedestres e motoristas, garantido mais segurança nas vias públicas, o serviço de poda tem, ainda, a finalidade de evitar problemas na fiação elétrica e de telefonia. Segundo Souza, as árvores a serem retiradas passaram por rigorosa
vistoria, quando os técnicos constataram que elas correm o risco de cair devido problemas sérios no tronco. Nos locais serão plantadas mudas de espécies da região, como ipê e ingá, produzidas no Viveiro Municipal.

Os serviços, com previsão de conclusão em 20 dias, serão feitos com o apoio de funcionários da Empresa Muncipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) e da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), respectivamente, para controle do trânsito e da energia elétrica da fiação.

Adubo

As folhas e os galhos provenientes do serviço de poda são levados ao aterro sanitário Delta A, onde, após a trituração e o processo de maturação no prazo aproximado de 90 dias, viram composto orgânico (terra vegetal). O produto é utilizado no preparo dos jardins das vias e praças públicas. O Delta A recebe diariamente cerca de 100 toneladas de restos de vegetais, podas de grama e galhos de árvores por dia, que depois do processamento tornam-se 40 toneladas de composto orgânico.

Além do ganho ambiental com crescimento mais adequado das flores e folhagens nos jardins, os técnicos explicam que o composto orgânico contribui para o aumento da vida útil do aterro, já que os seus componentes não são mais enterrados no local, gerando economia nesse manejo e deixando mais espaço para o lixo não reciclável.

terça-feira, 6 de outubro de 2009

Unicamp não vai usar a nota do Enem no seu vestibular 2010

Nova data do Enem, em dezembro, inviabiliza a utilização no vestibular. Candidato não precisará alterar nada no formulário de inscrição.

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou uma nota oficial nesta terça-feira (6) informando que não usará o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em seu vestibular. Após ter sido cancelado por causa de vazamento, o Ministério da Educação confirmou nesta terça que o exame será aplicado nos dias 5 e 6 de dezembro.

A primeira fase da Unicamp será no dia 15 de novembro e a instituição afirma que precisará deste prazo para conseguir fazer a convocação no dia 16 de dezembro dos aprovados para a segunda fase, que acontece de 10 a 13 de janeiro.

O prazo para se inscrever no vestibular termina nesta terça (6). Os candidatos devem preencher o formulário de inscrição, que está disponível em www.comvest.unicamp.br. Para que a inscrição seja efetivada, a taxa de R$ 115 precisa ser paga também só até esta terça.

Edital

A decisão da Unicamp irá respeitar uma cláusula do edital do vestibular, que estabelece que o Enem será desconsiderado se a nota não for liberada até o dia 30 de novembro.

O candidato não precisará fazer nenhuma alteração em seu formulário de inscrição. A Comvest, que aplica o exame da Unicamp, informou que vai desconsiderar automaticamente o campo do Enem, mesmo para os candidatos que haviam incluído seu número de inscrição para o Enem.

Leia a íntegra da nota sobre o vestibular da Unicamp:

"VESTIBULAR UNICAMP 2010 NÃO USARÁ NOTA DO ENEM 2009

Tendo em vista a divulgação da nova data de realização da prova do Enem por parte do INEP/MEC, para dias 5 e 6 de dezembro de 2009, a Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp, Comvest, informa que não utilizará a nota do Enem 2009 em seu vestibular. A decisão está em conformidade com o Art. 11, Parágrafo 2º do edital do Vestibular 2010 (ver íntegra abaixo), que determina que, se não estiverem disponíveis para a Comvest até 30 de novembro de 2009, as notas do Enem 2009 não serão utilizadas. Como no Vestibular Unicamp as notas do Enem são utilizadas para a composição da nota da primeira fase, não haveria tempo hábil para sua utilização.

Candidatos devem ficar tranquilos

A Comvest informa que vai ignorar automaticamente o campo do Enem presente no Formulário de Inscrição para o Vestibular Unicamp 2010, mesmo para os candidatos que haviam incluído seu número de inscrição para o Enem e reitera que não é necessário ao candidato fazer nenhuma alteração em seu Formulário de Inscrição.

A Comvest lembra os candidatos que no Vestibular Unicamp a nota do Enem podia ajudar com até 20% a nota da primeira fase, sendo os outros 80% relativos à própria prova do vestibular. Neste sentido, não é grande o impacto da não utilização do Enem no Vestibular Unicamp 2010.

Artigo 11, § 2º. – Só serão utilizadas as notas do ENEM, conforme previsto no inciso II, caso o Ministério da Educação (MEC) disponibilize o cadastro e as notas relativas ao ENEM 2009 até o dia 30 de novembro de 2009. Caso contrário, as notas do ENEM não serão consideradas para nenhum candidato e a nota da primeira fase NF será dada por N, como no inciso II.b) deste Artigo." 

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Colégio Objetivo promove o Projeto de Bem com a Vida

Entre os dias 13 e 16 de outubro, a cidade de Campinas irá receber o Projeto De Bem Com A Vida do Colégio Objetivo. Durante a semana, a comunidade poderá participar gratuitamente da Feira de Saúde e do Ciclo de Palestras. Essas atividades estão abertas ao público a partir das 14h. "A nossa expectativa é sensibilizar a comunidade estudantil e o seu entorno com a promoção de atividades em benefício da saúde e da qualidade de vida", afirma o coordenador do projeto, Adilson Madeira.

O Projeto De Bem Com A Vida tem como finalidade desenvolver diferentes abordagens que objetivam promover ações em benefício da vivência esportiva, da informação quanto ao estado de saúde e de atitudes que podem contribuir com um ser humano consciente com sua qualidade de vida. Para articular esse projeto o Departamento de Educação Física do Colégio Objetivo, desenvolveu uma parceria com a Faculdade Polis de Jaguariúna e com o SPA Sorocaba, a fim de garantir o processo de atendimento das ações propostas.
Durante os quatro dias do evento, na Feira da Saúde, haverá estantes de: Fisioterapia, Enfermaria, Engenharia de Controle e Automação, Medicina Veterinária e Nutrição. Já o Ciclo de Palestras, irá abordar assuntos como: Nutrição, Cyberbulling, Sedentarismo e Obesidade Infantil, Adolescência e Juventude. Os interessados em participar das palestras, deverão retirar os convites com antecedência no Depto. de Educação Física do Colégio.

Programação:

Feira de Saúde

Local - Colégio Objetivo Barão Geraldo - R. João Pedroso, 265
Horário: Das 13h às 20h
Estandes:
· Enfermagem: aferição da pressão arterial e esclarecimentos sobre questões de saúde (diabetes, hipertensão, Influenza A - H1N1)
· Engenharia de Controle e Automação: exposições de robôs e estruturas.
· Medicina Veterinária: exposições de animais taxidermizados e ciclo do leite.
· Nutrição: orientações nutricionais e Índice de Massa Corpórea (IMC).
· Fisioterapia: orientações para a prática de atividade física com saúde e avaliação postural.
· SPA SOROCABA: distribuição de material promocional.

Ciclo de Palestras

Local - Colégio Objetivo Barão Geraldo - R. João Pedroso, 265
13/10/2009 - 19h às 20h
Tema: Nutrição: como balancear a alimentação dos jovens durante o período de desenvolvimento estudantil.
14/10/2009 - 19h às 20h
Tema: Cyberbulling: como é praticada? A origem? Conseqüências a vida saudável? Comprometendo a vida cidadã?
15/10/2009 - 19h às 20h
Tema: Sedentarismo e a Obesidade Infantil: despertar o olhar familiar para a educação de uma vida saudável
16/10/2009 - 19h às 20h
Tema: Adolescência e Juventude: a busca pela integração da orientação familiar com os conceitos contemporâneos na educação e formação dos jovens